Ao lado de sindicalistas, Lula ataca Bolsonaro e Moro

0
2

“Eu preciso provar que o Moro não era um juiz, era um canalha que estava me julgando”, disse Lula.

O condenado Lula da Silva (PT ) participa, neste sábado (9), de um comício em frente à sede do sindicato dos metalúrgicos do ABC paulista, em São Bernardo do Campo.

Em discurso para a militância, Lula iniciou criticando a Rede Globo , que tem um helicóptero sobrevoando o comício:

“Lá em cima tá o helicóptero da Rede Globo de Televisão para falar merda outra vez.”

O petista disse que poderia “ter ido a uma embaixada” ou a outro país para escapar da prisão, mas “tomou a decisão” de se entregar em 7 de abril de 2018:

“Vocês sabem que muitos de vocês não queriam que eu fosse preso no dia 7 de abril do ano passado. Eu lembro que eu tive de persuadir vocês do papel que eu tinha de cumprir.”

Logo em seguida, Lula chamou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro , de “canalha” e a força-tarefa da Operação Lava Jato de “quadrilha”:

“Eu preciso provar que o Moro não era um juiz, era um canalha que estava me julgando. […] Dallagnol não representa o MPF. Ele montou uma quadrilha lá dentro inclusive para desviar dinheiro da Petrobras.”

Após dizer que o presidente da República, Jair Bolsonaro , venceu a eleição presidencial com a ajuda de uma “campanha de fake news”, Lula completou:

“Durmo com a consciência dos homens justos e honestos. E eu duvido que o Moro durma com a consciência tranquila. Eu duvido que o seu Dallagnol durma com a consciência tranquila que eu durmo. Aliás, eu duvido que o Bolsonaro durma com a consciência tranquila que eu durmo.”

LEIA NO SITE » Ao lado de sindicalistas, Lula ataca Bolsonaro e Moro

Fonte: https://renovamidia.com.br/ao-lado-de-sindicalistas-lula-ataca-bolsonaro-e-moro/